sábado, 14 de agosto de 2010

Chuva de meteoros, ou Esse blog também é cultura

O ápice da chuva de meteoros Perseidas foi na noite de quinta pra sexta. Disseram que o hemisfério norte seria privilegiado pra ver, mas a azarada aqui, né, claro que tava super nublado e eu não consegui ver absolutamente nada, nem um meteorozinho sequer. Mas agora tenho a explicação pra Notte di San Lorenzo.

Explico: a Notte di San Lorenzo é celebrada na Itália em 10 de agosto. É uma noite em que todo mundo pára e olha pro céu à noite, porque tem um monte de estrelas cadentes. Eu vi as estrelas cadentes quando tava na Itália em 2003 e foi lindo, mas a mãe esses dias ficou tirando com a minha cara que não valia dizer que eu tinha visto estrelas cadentes porque é um "milagre com data marcada", mas né, vamos combinar que a Itália é pródiga nesse tipo de coisa: todo ano, no mesmo dia, o sangue coagulado de San Gennaro se liquefaz diante dos olhos dos fiéis em Napoli. Só pra dar um exemplo.

Mas sangue ou não sangue agora tudo fez sentido: o fenômeno da noite de San Lorenzo nada mais é do que a chuva de meteoros Perseidas, a mesma que teria dado pra ver daqui se não fossem as nuvens. Isso provavelmente também explica a estrela cadente que a mãe viu lá em Porto Alegre semana passada, porque a chuva de meteoros teve seu ápice na madrugada de sexta, mas tá dando pra ver desde o final de julho e se estende até o final de agosto. Viu, mãe? Tudo tem uma explicação razoável e científica!

Um comentário:

Nelci disse...

Bem, né? Se "o Vardire" que é estudado, diz..... ahahaha. Vou eu, na minha insignificância, discutir com minha quase DOC filha??? Mas gostei dos argumentos.... ci penseró...