terça-feira, 10 de agosto de 2010

Semi-rapidinhas

Domingo tivemos a invasão do inseto gigante com muitas pernas. Não sabemos por onde entrou. Tudo o que eu sei é que eu saí do quarto pra pegar água na cozinha e encontrei a Azadeh e a amiga dela paralisadas na porta do apartamento. Achei que tinha acontecido alguma coisa com elas, mas elas só me faziam sinal pra ir pra perto delas. Quando eu cheguei me disseram que tinha um bicho na parede. Fui olhar. Nunca vi um bicho igual: comprido, fino, marrom e cheio de pernas que iam ficando maiores quanto mais perto da cabeça. Tentamos matar com veneno (leia-se: eu tentei matar com veneno; a Azadeh só gritava de pavor), mas o veneno tava travado e não saía nada. Acertar com chinelo eu sabia que não ia conseguir e as gurias tavam morrendo de medo de chegar perto. No fim a Azadeh ligou pra um amigo dela vir matar. Eu e ele chegamos à conclusão que não devia ser um bicho perigoso, porque aparentemente não tinha ferrão nem nada parecido, mas hoje fui pesquisar na internet e a coisa mais parecida que achei foi uma lacraia. Pior: matei um bicho igual, mas de muito menores proporções, hoje de manhã na cozinha, e assim, menorzinho, realmente parecia uma lacraia como as que eu vi nas fotos da internet. Medo.

Hoje no departamento bati um papo com um colega que fala português tri bem. Motivo: ele namorou uma guria de Porto Alegre. Não acreditei na coincidência! Mais tarde, na hora do almoço, estávamos só eu e o Collin na cozinha (o Collin é um professor bem renomado daqui, e bem gente boa também) e ele me perguntou de que cidade eu era e tal e quando eu falei Porto Alegre ele falou "ah, do sul né". Tou chocada com os conhecimentos geográficos desse povo!

Ah, e ontem de tarde eu tava lá no laboratório trabalhando e a Azadeh me ligou pra gente ir às compras. Ela concluiu que não gostou do vestido que comprou e queria procurar outro vestido pra ir no casamento, que é em duas semanas. Fomos no Montgomery Mall (mais um shopping pra minha lista), na Macy's, mas não tinha nada que agradasse ela. Eu achei dois vestidos lindos da Calvin Klein, um chemisier e um tubinho preto, mas nem provei. Entrei na Apple Store pra perguntar sobre os preços dos computadores e iPads e a promoção de volta às aulas, depois fomos na Banana Republic, onde eu achei as calças de alfaiataria mais perfeitas que eu já vi em termos de corte e tecido, pela bagatela de 98 dólares. Tinha também umas blusinhas muito bonitinhas por 11 dólares e eu quase provei, mas entoei meu mantra e segui em frente. Fomos também na Zara, que aqui, pasmem, é uma loja bem popular e as mesmas roupas que no Brasil custam fortunas aqui são muito baratas. Até dei uma olhada numas camisas e blusas muito bonitas, mas entoei meu mantra e deixei pra lá. Finalmente fomos na Nordstrom, uma loja muito requintada na qual eu vi o trenchcoat perfeito: da Burberry, por US$898. Sim, eu quase desmaiei quando vi a etiqueta. Entramos também na GAP e tinha brasileiras na loja. Olhei pra elas com uma cara de "tou entendendo tudo" hehehehe, foi engraçado.

Bom, mas não satisfeita em não encontrar nada nessas lojas, a Azadeh resolveu ir em outro shopping pra ir na Bloomingdale's. Eu tinha muita curiosidade em relação a essa loja porque a Rachel trabalhou lá muitos anos antes de ir pra Ralph Lauren (momento Friends). Tem roupas bem boas, mas é mais cara que a Macy's. Valeu pra conhecer. Nesse shopping tinha também uma Cheesecake Factory, mas não deu pra ver se a moças tavam usando o mesmo uniforme que a Penny usa (momento Big Bang Theory).

Em resumo: nada de vestido. Mas também querer pagar 60 dólares num vestido ótimo não dá, né, Brasil. E por falar em Brasil, vai Brasil!!!

6 comentários:

Anônimo disse...

vcs entraram na banana republic???
Achei que "não era do estilo de vocês"...
ehehehehehehhe

Leo disse...

o desespero faz coisas que tu não pode imaginar... rs

Ana Paula disse...

Ah, que falta faz uma passada na Lojas do Aldo, na Voluntários da Pátria, hein? ;)

Leo disse...

vou investigar se eles não tão interessados em abrir uma filial por aqui, Ana... hahaha!

Nelci disse...

Roupas à parte (assunto não falta), destravou o veneno? Se é lacraia, toma cuidado....

Ana Paula disse...

Vamos enriquecer, minha filha!!